As salas de aulas tradicionais costumavam ser exclusivamente o ambiente onde alunos tinham acesso à educação formal transmitida por professores. Se olharmos para a nossa sociedade, contudo, percebemos o quanto as relações mudaram com as novas tecnologias – conversamos com nossos amigos e familiares via redes sociais e aplicativos na maior parte do dia e até pagamos contas pelo celular sem precisar ir ao banco.

Pois bem, a educação também foi impactada pela internet, que inaugurou a possibilidade de milhões de alunos fazerem uma graduação ou pós a distância, ou seja, virtualmente. Uma opção ideal para quem não tem disponibilidade de frequentar uma sala de aula diariamente, seja por conta do trabalho, filhos ou até mesmo de sua localidade. Além de assistirem às aulas pela internet, os alunos também encontram na EAD preços de mensalidades muito mais acessíveis.

O ensino presencial, na sala de aula, ainda é a forma mais conhecida de educação, porém, a EAD veio para ficar e tende a crescer cada vez mais. Somente no Brasil, serão mais de 2 milhões de alunos em cursos de graduação e pós-graduação EAD até o fim do ano. Sendo assim, listamos abaixo as principais diferenças entre educação presencial e a distância para que você consiga escolher a modalidade mais adequada às suas necessidades.

– Aulas

Presencial: acontecem na sala de aula, onde professores e alunos se reúnem todos os dias na instituição de ensino.

EAD: o conteúdo é transmitido por meio de aulas gravadas, que podem ser assistidas pelo computador ou celular, basta ter acesso à internet.

– Horários

Presencial: os horários das aulas são fixos, de acordo com o turno de cada curso.

EAD: horários flexíveis, de modo que o aluno tem autonomia para decidir quando irá assistir às aulas conforme sua disponibilidade de tempo.

– Local

Presencial: aulas, provas e demais atividades acontecem na instituição de ensino.

EAD: o aluno pode assistir às aulas de qualquer lugar com acesso à internet, sendo que os encontros presenciais são realizados nos polos educacionais.

– Provas

Presencial: são realizadas na sala de aula da instituição.

EAD: realizadas presencialmente nos polos educacionais, conforme exigência do Ministério da Educação.

– Frequência

Presencial: aprovação do aluno está sujeita a, pelo menos, 75% de frequência nas aulas.

EAD: avaliada com base na entrega de trabalhos e cumprimento de atividades.

– Custos

Presencial: o aluno deve arcar com as mensalidades e gastos com transporte.

EAD: as mensalidades podem ser até quatro vezes mais baratas que no método presencial e ainda há a economia com transporte.

– Interação aluno e professor

Presencial: alunos podem consultar e tirar dúvidas com os professores diretamente na sala de aula.

EAD: a comunicação é feita pela internet, sendo que o aluno pode fazer suas perguntas via chat, e-mail, pelo ambiente virtual de aprendizado e outros canais.